POLICIAL INVADE CRECHE MATA MAIS DE 30, VOLTA PARA CASA E MATA FILHO E ESPOSA

Um ex-policial armado com uma arma e uma faca invadiu um berçário/CRECHE no nordeste da Tailândia na quinta-feira, matando a tiros pelo menos 30 pessoas, incluindo crianças, antes de matar a si mesmo e sua família, disse a polícia.

O agressor, armado com uma espingarda, uma pistola e uma faca, abriu fogo contra a creche na província de Nong Bua Lam Phu por volta das 12h30. (0530 GMT) antes de fugir do local em um veículo, disse a força.

“O número de mortos no incidente com tiros… é de pelo menos 30 pessoas”, disse Anucha Burapachaisri, porta-voz do gabinete do primeiro-ministro tailandês.

Para as últimas manchetes, siga nosso canal do Google Notícias on-line ou pelo aplicativo.

O coronel da polícia Jakkapat Vijitraithaya, da província onde o ataque aconteceu, identificou o atirador como Panya Khamrab, um tenente-coronel da polícia que ele disse ter sido demitido da força no ano passado por uso de drogas.

Jakkapat disse que havia 23 crianças entre os mortos, com idades entre dois e três anos.

O assassinato em massa ocorre menos de um mês depois que um oficial do Exército matou a tiros dois colegas em uma base de treinamento militar na capital Bangkok.

Embora a Tailândia tenha altas taxas de posse de armas, tiroteios em massa são extremamente raros.

Mas no ano passado, houve pelo menos dois outros casos de assassinatos a tiros por soldados em serviço, de acordo com o Bangkok Post.

E em 2020, em um dos incidentes mais mortais do país nos últimos anos, um soldado matou 29 pessoas em um tumulto de 17 horas e feriu dezenas de outros antes de ser morto a tiros por comandos.

Esse tiroteio em massa estava ligado a uma disputa de dívidas entre o sargento-mor Jakrapanth Thomma e um oficial sênior, e o alto escalão militar se esforçou para retratar o assassino como um soldado desonesto.

ATUALIZAÇÃO

Um ex-policial atacou uma creche na Tailândia com armas e facas na quinta-feira, matando pelo menos 32 pessoas, incluindo 23 crianças, depois matando sua família e se matando, disse a polícia.

O ataque começou às 12h30 (06h30 GMT) em uma creche em Nong Bua Lamphu, no norte do país. O autor então fugiu de carro e atingiu vários pedestres, segundo a polícia.

O autor foi identificado como Panya Khamrab, um ex-policial de 34 anos, de acordo com o Coronel da Polícia Provincial Jakkapat Vijitraithaya.

Após o massacre, o agressor matou a mulher e o filho e, por fim, suicidou-se, explicou o coronel.

As crianças falecidas têm entre dois e três anos, segundo a mesma fonte.

Compartilhe isso:

Fonte: mrnews.com.br/index.php/2022/10/06/homem-invade-creche-mata-mais-de-30-volta-para-casa-e-mata-filho-e-esposa