Sem categoria

Contratos devem ser liberados para assinaturas ainda nesta 3ª; apresentação de Coutinho será na sede da Lagoa e São Januário terá evento para a torcida

Contratos devem ser liberados para assinaturas ainda nesta 3ª; apresentação de Coutinho será na sede da Lagoa e São Januário terá evento para a torcida Terça-feira, 09/07/2024 – 15:51 Gilmar Ferreira @gilmarferreira
Os contratos que amarram o retorno de Phillipe Coutinho ao Vasco foram ajustados de acordo com os interesses das três partes e agora estão sendo revisados com grandes chances de serem liberados ainda nesta terça-feira (9) para as assinaturas. O jogador será apresentado à imprensa e parceiros numa coletiva na sede náutica da Lagoa, recentemente reformada, e a diretoria trabalha a ideia de celebrar o retorno dele com a torcida num evento, neste final de semana, em São Januário. O atacante chega por empréstimo de um ano e está ansioso para entrar em campo novamente com a camisa do Vasco. Coutinho não joga uma partida oficial desde a derrota por 1 a 0 do Al Dubai para o Al Saad no dia 18 de maio. Mas vem treinando com seu preparador-físico particular e estaria disposto a aparecer por alguns minutos no confronto com o Atletico-GO, daqui a oito dias, em Goiânia. Fontes ligadas a seu grupo de trabalho creem que a (re) ambientação ao futebol brasileiro vá ser feita de forma lenta e gradual. O time recebe o Corinthians nesta quarta-feira (10), em São Januário, e no domingo (21), quatro dias após o confronto com o Atlético-GO, o Vasco medira forças com o Atletico-MG, na Arena do Galo. O primeiro jogo do craque em casa poderá ser contra o Cuiabá, no dia 23 (terça-feira), pela 19ª rodada, a última do turno.

Entendo perfeitamente a ansiedade de alguns torcedores, mas é preciso que os mais ansiosos entendam que a contratação de Philippe Coutinho só começou a ser colocada em prática na segunda-feira passada, um dia após o término do empréstimo ao Al Duhail, do Catar. É só está sendo concluído com êxito porque o jogador não quis outra coisa para sua carreira senão voltar a vestir a camisa do Vasco é porque a diretoria do Vasco soube atender as pretensões do craque. Lembrando que Coutinho está abrindo mão de dois anos contrato na Premier League e o Aston Villa não está recebendo um centavo sequer pela liberação do jogador. Portanto, o tempo de negociação para conclusão de operação tão complexa está absolutamente dentro dos padrões normais.

Fonte: X do jornalista Gilmar Ferreira/Extra